John Irish II ( A Guilda das Sombras)

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

John Irish II ( A Guilda das Sombras)

Mensagem por tuts em Dom Jun 13, 2010 11:55 pm

Capítulo 1


Era uma tarde como outra qualquer, os tripulantes trabalhavam, ou melhor, se arrastavam pelo navio. Depois da morte do capitão, se instara no navio um sentimento de tristeza, de morte. Ja não se saqueava, nem matava como antes, tinha virado uma obrigação, para sobreviver.
Em alguns momentos a capitã, Karen, lembrava do ocorrido, e a fúria tomava conta de seu corpo.
-Vamos seus emprestáveis! Assim não chegaremos em terra firme nunca!

Capítulo 2: Uma inesperada visita
-Estou tão cansada Simon, depois da morte de John, isso aqui não é a mesma coisa...
-Humm - Disse Simon
-Até hoje não consegui entender o que aconteçeu...O tesouro de Thomas Brook garantia a imortalidade!
-Huum..
-Já sei! vá pegar o diário! vá! corra!
As nuvens se formavam no céu, sinal de mau tempo..
-Karen, Karen, Karen! eu vi um navio! eu vi um navio! - Falou Larry
-Besteira Larry
-É verdade!
-Cale a boca!
-Karen! Navio se aproximando à boroeste! - Gritou Michael
-Um navio! Certifique-se de quem é! Carregar canhões, todos à postos, Simon! Simon!
-Hum..
-Onde está o seu amigo? o templário..
O homem misterioso aparece atras de Karen e sussurra:
-Chamou?
-Erh..Sabe manusear uma arma?
-As armas serão a destruição da raça humana, a cura é a salvação, o poder divino e..
-Tome essa espada aqui e faça o melhor que puder, aliás, voce ja tem uma espada..
-Eles estão atras de nós! - Falou Michael
-Como eles andam tão rapido?! - Disse Karen
Os tripulantes misteriosos invadiram o The King of the Sea, todos encapuzados..

No capítulo anterior...
-Rapído! todos, se preparem! - Gritou Karen

E rapidamente aqueles seres desconhecidos tomaram conta do The King of the Sea, todos vestidos com seus mantos negros, eram superiores à toda tripulaçao, em numero e em força, derrubavam todos os tripulantes, mas faziam questão de deixar todos vivos.
-Mas porque eles não atacam?! - Disse Karen
-Estranho, talvez eles precisem de nós - Falou o templário
-Prendam todos! E joguem no mar- Falou o líder deles
-Nãoo! - Gritou Karen
Karen correu para matar o líder, mas foi impedida, amarrada e jogada ao mar, assim como todos os outros tripulantes.
-Gente, aproveitando o momento, sei que todos vamos morrer, quero dizer que amo vcs e...onde está o meu pássaro?! - Disse larry
-Huum
-Voce faz isso de proposito?! pq a mt tempo vc nao fala algo tao idiota e sem sentido - Disse Karen
-Acho q voce foi o unico que nao reparou que seu pássaro sumiu, desde quando John se foi... - Falou o templário
-Cale a boca - Disse Karen
-Mas...por
-Cale-se, por favor, nao falem do John..
-Huum
-Gente, acho que eu to afundando...-Disse Larry
E eles seguiram com o The King of the Sea, o estranho navio com bandeira de banana e seus tripulantes encapuzados, se distanciavam...
-Nao acredito...
Uma lagrima caiu dos olhos de Karen
-Primeiro o John, agora o navio..
-Nao se preocupe, nós vamos resgatar o navio..Ó pai, daime forças..
Um feiche de luz veio do céu, e iluminou aquele homem..[i/]

Acordamos na areia da praia, na mesma baía em que conheci John, a Baía dos coqueirais, lembrei de tia Vilma, precisava tanto de seus conselhos, da sua experiência..
-Huum
-Obrigado sujeito, devo minha vida a voce! - Disse larry
-Como se fosse de muito valor... onde estamos Karen?
-Na baía dos coqueirais, vou visitar tia Vilma, estejam aqui na praia antes do pôr do sol!
E entao, segui o meu caminho, como tudo passou tão rapido, a uns tempos atras eu ficava trancada em casa, vendo a vida passar, e agora que descobrir como é bom viver, e estar do lado de quem se ama, o destino me prega uma peça, levou toda a familia, ou o que restou dela, o John, e o que me fazia lembrar dele..o navio.. tudo que me restara era o diario de Thomas Brook...
-Nada aqui mudou.. - Falei
E então, bati a porta daquela sinistra casa, mas nenhum sinal de Tia Vilma..
-Alguem em casa?! Tia?! Onde voce está?!
As plantas estavam todas mortas, sinal de que Tia saíra a semanas..

Capítulo 5: Um presente esquecido

-E agora a Tia tambem foi embora, estou ficando sozinha neste mundo, tudo que me restou foi esse diário idiota, ¬¬. Opa! oque é isso? Aaaahh! O amuleto que John usava! vou pôr em mim.

Fui até a praia para encontrar a tripulaçao, ou o que sobrou dela..
-Como isso aqui é lindo, queria tanto que John estivesse aqui...
Observava os lindos coqueiros, que balançavam com o passar do vento, de cada brisa..
-Queria voce ao meu lado John..
Sinto um sentimento puro em você..
-Quem disse isso?!
Eu, o amuleto
-Aaaaaahhhh!!!!
Isso ja está ficando chato demais, nao tente tirar se nao te enforco..
-O que quer de mim?
Ouvi voce falando de John Irish certo, o quer de volta?
-Sim mas, o que voce tem a ver com isso?
Eu sou o presente de Vilma pra ele, ele me deix..Ele me esqueceu ¬¬
-O John está morto...
Ahh jovens...Um homem como John Irish não morre assim...
-Do que esta falando?!
Quando John encontrou o diario de Thomas Brook ele simplesmente ignorou o aviso da maldiçao, o tesouro daria a John a vida eterna, mas, não há apenas a vida carnal, existe tambem a vida de espírito..
-Está querendo me dizer que John está vivo?!
Insolente! deixe-me terminar ¬¬. Bom, John é um homem ganancioso, ele tambem ambiçao como todo pirata..
-Mas tem bom coraçao...
Mas ele foi amaldiçoado por ter ganancia no coraçao... Até mais..
-Ei! Onde voce vai! Espere aí!

Capítulo 5 - parte II

-Ei! Volte aqui!
Não obtive resposta, mas, pensei durante um bom tempo, como iria ter certeza de que tudo aquilo era verdade? e de onde vem aquela voz? Tinha tantas perguntas a serem respondidas... Mas nao tinha tempo para aquilo, podia ser mentira, mas eu queria acreditar que John estava vivo, para reecontra-lo..ao menos uma vez...

Ja passava das 19hrs e eu precisava achar o resto da tripulaçao, chegando não havia ninguem, apenas o templario, sentado na areia fria da praia, estava imóvel, absorto em seus profundos pensamentos. Ele olhava para o céu estrelado, era noite de lua cheia, e essa mesma, era o que o iluminava, impedindo de sumir na escuridão da noite.

-Ei, ei..
-...
-EEII!!
-Oh! Me desculpe!
-Estava em transe?
-Concentrado seria a palavra ideal, mas, em que posso ajuda-la?
-Onde estão os outros?
-No bar
-Eu mandei todos ficarem aqui! Aaahh!
-...
-Vamos lá, traze-los de volta.

Andamos pela rua escura, e eu continuei a pensar sobre a conversa que tive com a voz daquele amuleto, será o destino que o colocou no meu caminho para encontrar John? Sentia que muita coisa estava por acontecer...

-Chegamos
-Certo, vamos entrar - Respondi

Quando entramos no local, estava tudo destruído e uma enorme briga estava acontecendo, a minha tripulaçao contra a do Almirante Peter

-O QUE ESTÁ ACONTECENDO AQUI?!?!
Imediatamente todos pararam
-EU NAO MANDEI VOCES ESPERAREM NA PRAIA?!
-...
-VAMOS! VOLTEM PRA LÁ AGORA SEUS IDIOTAS!
E assim fizeram, todos saíram do bar com a cabeça baixa, mas foram interrompidos.
-Veja só! A grande tripulação dos The King of the Sea, que conquistou tesouros, matou feras marinhas, derrotou centenas de navios, está sendo comandada por uma mulherzinha? HaHaHa, deve ser brincadeira... - Falou o Almirante em tom irônico
-Oque foi que disse?! - Respondeu Karen
-Onde ele está? Deve ter ficado louco para deixar uma mulher comandar o seu navio. HaHaHa
Corri, tirei a minha espada e pus minha espada em seu pescoço.

Capítulo 6 - Uma surpresa inesperada

-Oque voce disse?! Repita!
-Ora, vejo que ele te treinou muito bem não é?
-O bastante pra eu poder cortar a sua cabeça agora. - Ameaçou Karen
-Mas, antes de mais nada, onde ele está, me diga?
-Não interessa, só nao te mato agora porque estou com muita pressa, ainda nos veremos
-HaHa, concerteza..

Virei-me para deixar o local com o resto da tripulação, mas para a minha surpresa...

-Karen cuidado! - Gritou Michael
Mas para a minha surpresa, o almirante apontou sua arma para mim, e em fração de segundos, joguei-me no chão, desviando do tiro, e sem pensar duas vezes, saquei meu revolver, e apertei o gatilho. A bala foi certeira, atingiu o coração, e fez o almirante desabar no chão de madeira, gemendo de dor.
-Covarde - Falei
E me recuperando do susto, levantei, fui até ele, pus meu pé em seu peito e disse:
-Teve a morte que mereceu.
E pisei no ferimento.
-Vamos embora daqui.
Andamos e fomos para a praia, o lugar de partida de toda aquela historia, mas, o silencio foi interrompido por larry:
-Porque nos chamou aqui capitã?
-É! Queremos saber! - Falou a tripulaçao em coral
-Chamei vocês aqui para lhes dar a notícia de que John está vivo.
-OQUE!? - Gritaram todos em coral
-Exatamente
-Mas nós vimos ele morrer! - Falou larry
Simon tussiu
-Ele não morreu, foi amaldiçoado, e está em algum lugar por aí! Não sei com quem e muito menos não sei onde ele está, então, quem amar o John assim como eu, levante a mão se quiser seguir em busca dele! Quem não quiser, por favor, saia e não será mais considerado parte da tripulação do The King of the Sea.

Todos ficaram calados por alguns minutos, o silêncio tomou conta do local e assim que Karen deu as costas, ouviu-se uma voz..
-Eu vou capitã! - Gritou larry
-Hum...
-Estarei com voce - Falou o templario
E assim, todos levantaram as mãos, o que me fez abrir um leve e breve sorriso...
-Mas capitã, nós não temos um navio, como vamos a procura de John?
-Ham, resolveremos isso amanhã, dormiremos aqui mesmo na praia...

Capítulo 7 - Mais surpresas

Apesar de ter passado boa parte da noite pensando no que fazer, principalmente em como vou encontrar John, domi bem, a sinistra voz do amuleto não se manisfestara, estava curiosa, o que ele queria com aquilo, e se quer me dizer algo, por que não fala de uma vez? Mas essas não eram as únicas surpresas que nos aguardavam...

-Vamos vagabundos! Acordem! Beberam demais por vontade própria!
-Aahhh capitã, só mais 5 minutinhos..
-Levanta agora Larry! - Gritei dando chutes em Larry
-Aaaaahhhh!!
-Eu dou 2 minutos pra vocês levantarem!

Sai para procurar o templário, mas fui surpreendida por uma voz que sussurrava ao meu ouvido:
-O dia está ensolarado, o vento sopra oeste, um dia perfeito para navegar, é melhor sairmos antes da maré cheia..
-Aai! Não faça mais isso! Quer me matar de susto!?
-Não, desculpe..
-Tudo bem..
-Ja decidiu quando e onde vamos procurar John Karen?
-Haam, ainda não, a voz do amuleto que me disse sobre o John não se manifestou ainda..
-Quando você voltar, a tripução vai estar cheia de perguntas, é melhor ter boas respostas..siga-me
-Eu não tenho, o que faço?!

O templário entrou no meio da floresta, queria me mostrar algo, mas eu não sabia o que era..
-Onde estamos indo? - Perguntei

O templario, afastou algumas folhas e foi possivel ver a praia e o mar..

-Esta aqui, é a solução para os seus problemas.. Apresento-lhe, o Purgatorio*


Do português - Purgatório
Do Inglês - Purgatory
*Do Italiano – Purgatório

-Esta aqui, é a solução para os seus problemas.. Apresento-lhe, o Purgatorio

Capítulo 8 - A solução?

-Mas...Mas...O que..como..?
-Surpresa?

Purgatorio era um navio, não um navio qualquer, imenso, não melhor que o The King of the Sea, ele era insubstituível, mas o Purgatorio, emitia uma aurea pesada, estava velho mas era bastante resistente, com suas velas um pouco rasgadas balançando ao vento, tinha uma bandeira negra, em branco havia uma imagem de uma caveira com uma espada enfiada, encharcado, estava coberto por algas, corais e alguns peixes, nao restava dúvidas de que ele viera do fundo do mar...
Mas de quem era aquele navio tão sombrio? Quem fez aquilo? O templario?! Como? Minhas perguntas ficaram no ar, o templario não disse uma palavra até encontrarmos toda tripulação.

-Atenção todos! - Gritei
Olhei para o templário como quem pedia permissão para contar o ocorrido e ele acenou com a cabeça...
-Vá em frente - Ele disse
-Vou ser direta, não quero perguntas por que não temos tempo a perder. Temos um barco agora, o Purgatorio, nossa missão é achar o nosso navio, The King of the Sea, e resgatar John, a todo vapor, vamos!
-Eu tenho uma pergunta! - Disse larry
-Eu disse sem perguntas imbecil
-Mas essa é importante...
-Ta, ta! Fale de uma vez!
-Por que escolheram um nome tão feio?
- ¬¬ Vá embarcar! - Falei batendo em sua cabeça
-Aaaai!
-Simon, cuide para que todos embarquem. Rapido!
-Humm
-Olha capitã! Um macaquinho! Que lindo, ei menininho, venha cá, tome, tome, venha aqui pro tio larry
-Huumm
-Venha amiguinho não tenha medo..Aaaaahhhhh!! meu dedo!! AAaaahhh! solte meu dedo..!!!
E assim, todos embarcaram no novo navio, mas eu ainda não tinha idéia de onde procurar John e o seu navio. Sentia que muita coisa estava por vir...

Capítulo 9 -
Partimos, estava um dia lindo, o tempo perfeito para navegar, não era possível sair em busca de John do jeito que estávamos, sem tripulação e sem mantimentos...
-Simon, qual é o porto mais próximo?
-Hum.. - Disse Simon, apontando para um lugar no mapa
-Traduza Larry! - Falei
-Ehh..Esse mapa tá esquisito..Parece que tá escrito em grego.. - Disse larry pegando o mapa
-E desde quando vc sabe ler em grego idiota? - Falei
-Hum..
-Voce está vendo ao contrário idiota! - Falei
-É mesmo! Deixa eu ver, o próximo é...Haam..erh...Capitã, acho que não sei ler.. - Falou Larry
-Huumm
-Novidade ¬¬, ja descobri, o proximo é a cidade dos sonhos, Simon, avise a todos que desceremos na cidade dos sonhos, saquearemos, e continuaremos a busca - Disse
-Humm..
-Larry, voce não tinha dito que não queria mais saber de macacos ou algo parecido?
-Eu não quero mesmo não, ele que correu atrás de mim...Deve ter caído no mar aquela peste..
-Ta certo, ache algo produtivo pra fazer

Dei uma volta no navio para checar se estava tudo em ordem e fui para minha sala, onde novamente abri o diário de Thomas Brook para achar as respostas para as minhas perguntas, que só multiplicavam com o tempo...

-Ai John..Onde você está..?
Perdida eu suponho...
-Ah!! Você de novo! Me diga! Onde está John!?
Está vendo como precisa de mim..?
-Ei!
...
-Onde você vai?! Espere!
...
-Ahhh que raiva! Está brincando comigo!? Aaahh!

O Templario abriu a porta..
-Algum problema capitã!?
-Não, nenhum.

Capítulo 10

-Aconteceu alguma coisa? - Perguntei
-Não, nada, apenas estava passando pela porta e resolvi te falar algo que descobrí sobre mim. - Falou o homem
-E o que é? Entre, feche a porta.
-Desde que encontrei o John, voce e o The King of the Sea, me resgataram em alto mar, com esta armadura metálica, pesada, ninguem tinha idéia de como eu sobrevivi. E de algum jeito, salvei a tripulação diversas vezes, palavras que saem da minha boca, e que têm um efeito mágico, poderes que nunca imaginei ter...
-Huum.. - Respondi, não prestando muita atenção.
-Na minha memória, não tenho nada que lembre minha vida antes de chegar a esse navio, tudo que sabia quando cheguei aqui é que sou um templário, um servo de Deus, mas não sinto um, entende?
-Aham..
- E nos meus momentos de reflexão profunda, cheguei a concluir, não sei, não tenho certeza, parece que alguem coloca essas coisas na minha cabeça...
-Sei como é...
-Você sabia que os templários vem de 'Ordem dos cavaleiros do templo', ou, 'Ordem dos templários'. Eles juraram viver em perpétua pobreza e defender os peregrinos que iam a Terra Santa, em pouco tempo se tornou uma poderosa sociedade secreta formada por monges-guerreiros, acumularam terras e bens apreendidos, mas, resumindo, foram exterminados, por um idiota que nao merece ter seu nome citado, mas nem todos foram mortos, eu posso ser um deles. O seu símbolo é a Cruz de Copta, usada em seus uniformes, armaduras...Está me ouvindo?
-Oh sim! Claro que estou!
-Entao, acho que é só isso..vou deixa-la só um pouco...
-Obrigada, mantenha-me informada.
-Certo, com licença.

No dia seguinte, logo ao amanhecer, foi avistado o porto da cidade dos sonhos, senti um arrepio, mas acreditei não ser nada, apenas o vento frio que passara...

Capítulo 11

Estavamos ancorados na cidade dos sonhos, preparando para o desembarque, estávamos no lugar certo, na hora certa, poucas pessoas estavam nas ruas, era a hora certa para saquear.

Ao descer no porto, a tripulaçao se espalhou, correndo pegando tudo que poderiam carregar, dinheiro, comida, dentre outros bens valiosos, ouvia-se gritos, o som de objetos caindo, quebrando, com a pressa, sangue derramando, quem resistia era morto, estavamos abastecidos, e sem tempo a perder, o tempo estava fechando rapidamente, era hora de ir.

-Rapido seus inúteis! Uma tempestade vem vindo!

Quando ja estavam todos no navio, desancorados e prontos para partir, a tempestade rompeu, e era das fortes, o céu escureceu, relampejava...
-Rapido! Temos que ir!
-É perigoso navegar com um tempo desse capitã - Disse Michael
-Não venha me dizer o que temos que fazer ou não! Não temos tempo a perder!
-Karen? Temos compania... - Disse Larry
-O que é dessa vez?!
-É ele, O injustiçado...O terror dos mares...

Capítulo 12

-Oh não, mais essa! - Parece que algo não quer que eu resgate John! - Gritei
Ha Ha
-Aaahh! Voce! Nao da pra aparecer em um momento mais conveniente?!
-Capitã? - Disse Michael
-Não vê que eu estou no meio de uma batalha de vida ou morte?!
-Capitã?
-O que é?!
-O que faremos agora?
-Rápido! Solte as cordas e as velas! Simon! Prepare os canhões, pegue os barris de pólvora, quer ver todos armados!
-Hum
-Certo!

Ele se aproximava rápido demais, o Injustiçado, o dragão dos mares, queria vingança, não fizemos nada a ele, mas era sua sina, matar todos navegantes, aqueles que 'andavam' sobre as aguas, era tudo dele, pertencia a ele e a mais ninguem, seus olhos queimavam de ódio e era o que movia todo aquele instinto assassino...

-Todos Pron...!

O navio tremeu, ele chegara e com muita sede de vingança...



P.S - Gente, desculpa, sao 2 horas da manha, o sono levou a criatividade, eh melhor ficar sem historia do que uma historia sem graça nao eh? valeu, té amanha

Continuação


E então ele ergeu-se de suas águas, com uma fome imensa e uma vontade de nos destruir e em rugido voraz, que fez tremular as velas do Purgatorio, ele avançou, querendo nos afundar, mas, de um ponto distante, num lugar ermo do navio, se lançou uma espada, não uma espada qualquer, mas uma espada reluzente, uma luz magnífica, divina, que cravou no olho do monstro, ele gritou com a dor instantânea...

-Isso Simon! Parabens! Irritou ele mais ainda! - Gritou Larry
-Huumm
-De quem é essa espada?! - Perguntei
-Hum
-Nao sei, deve ser a do grandão. - Respondeu larry
-Grandão?
-É, o padre!
-Ah sim, o templario, mas onde ele está?!
-Vaporosse!
-Pare de aprender essas coisas com o macaco!*
-Tá bom... - Respondeu Larry triste
-Rapído, peguem as cordas, Larry, Simon, Michael, os barris de pólvora!

E então, em um de meus movimentos velozes, subi no mastro, retirei a minha espada da bainha, e pulei em cima do monstro, enquanto ele tentava abocanhar-me, arranquei-lhe a orelha que poderia medir 2 ou 3 metros, mas o animal pouco se importara, apesar do sangue que escorria de seu rosto.

-Atirem!! - Gritei

Soou então a orquestra da destruição, mas o Injustiçado nao se dava por vencido, apesar do susto que levara com as balas canhão..

-E agora?! Oque faremos?! - Gritou Larry
-Huum

O montro balançou a sua cabeça, e fui jogada de volta para o navio...

-Aaahhh!! - Gritei
-E agora?! Oque faremos!?
-Queime o navio - Sussurrou o templário
-Oque?! Voce está louco?!
-Acredite em mim, incendei o navio...

-Acredite em mim, incendei o navio - Disse o templário
-Mas, isso é ridículo! Nao faz sentido! - Respondi
-Nem tudo na vida faz sentido... Fui eu que achei esse navio pra vc, entao, por favor, faça o que estou lhe pedindo.

Passei poucos segundos pensando na pedido do templario, estavamos sendo atacados e nao havia tempo para pensar, tínhamos que agir.

-É bom que isso funcione mesmo!

E assim foi feito, pedi para os homens incendiassem o navio...

-Rapido, usem os barris de pólvora!
-Humm..
-O que planeja com isso?!
-Espere e verá - Disse o templário calmamente
-Lá vem ele! - Disse Larry

O monstro voltara...mas a quando pensávamos que estávamos próximos do trágico fim, ele se afastara, parou no meio do caminho..e ficou, paralisado...

-É agora! Esse é o momento! Jogue o navio contra ele! Agora! - Gritou o templário

Capítulo 13 - Vida ou morte?

E assim foi feito, partimos com o navio em chamas para cima do Injustiçado, e rapidamente, o fogo estava se espalhando por todo o navio. Tínhamos que ajir rapido. O monstro começava a recuar, assustado. Era incrível, parecíamos tão vulneráveis, e agora, tão fortes e encorajados, senti o medo em seus olhos, ele estava acoado, rugiu com tanta força que navegantes de todo os sete mares puderam ouvir, ele se distanciava...

-É agora! É a chance que temos para matá-lo! - Gritou o templário
-huum...
-Vamos acabar com esse monstro infernal de uma vez por todas! - Gritou ele outra vez com um pequeno sorriso maléfico.
-Templário? Oque é isso?

Nunca tinha visto ele daquele jeito, seu rosto emanava uma energia tao negativa, seus olhos queimavam como fogo, assim como lembra a cor de seus cabelos...

O templário agarrou-me pelo braço e gritou:
-Temos q aproveitar! Vamos mata-lo enquanto é tempo, acabar com isso enquanto é tempo!
Segurei o seu braço e o imobilizei
-Escute aqui, a capitã desse navio sou eu e só será feito o que eu mandar!
Ele fico mudo, mas queimava de raiva

O monstro se afastava, recuava cada vez mais, mergulhou...

-O que faremos agora? vamos virar churrasco!!! - Gritou larry
-Apaguem o fogo! rapido!

Por mais que tentássemos, parecia ser inútil, o fogo se alastrava muito rápido.. parecia ser impossível se livrar da morte agora...
avatar
tuts
Nivel 22

Mensagens : 586
Pontos de reputação : 27
Data de inscrição : 18/05/2010
Localização : 7 mares

Ver perfil do usuário http://www.pensemuderevolucione.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: John Irish II ( A Guilda das Sombras)

Mensagem por tuts em Dom Jun 13, 2010 11:56 pm

Breve, capítulos INÉDITOS
avatar
tuts
Nivel 22

Mensagens : 586
Pontos de reputação : 27
Data de inscrição : 18/05/2010
Localização : 7 mares

Ver perfil do usuário http://www.pensemuderevolucione.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: John Irish II ( A Guilda das Sombras)

Mensagem por tuts em Dom Jun 20, 2010 7:24 pm

alguem tem interesse em ler essa história?
avatar
tuts
Nivel 22

Mensagens : 586
Pontos de reputação : 27
Data de inscrição : 18/05/2010
Localização : 7 mares

Ver perfil do usuário http://www.pensemuderevolucione.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: John Irish II ( A Guilda das Sombras)

Mensagem por Tony-Souza em Dom Jun 20, 2010 9:13 pm

Eu tenho...


\o/
avatar
Tony-Souza
Nivel 23

Mensagens : 716
Pontos de reputação : 14
Data de inscrição : 17/05/2010
Idade : 26
Localização : Soterópolis

Ver perfil do usuário http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=10556913887043450888

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: John Irish II ( A Guilda das Sombras)

Mensagem por cloud em Dom Jun 20, 2010 10:10 pm

Eu tenho
avatar
cloud
Nivel 21

Mensagens : 406
Pontos de reputação : 30
Data de inscrição : 16/05/2010
Idade : 22

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: John Irish II ( A Guilda das Sombras)

Mensagem por tuts em Seg Jun 21, 2010 8:31 pm

obrigado tony e cloud, escreverei por vocês
avatar
tuts
Nivel 22

Mensagens : 586
Pontos de reputação : 27
Data de inscrição : 18/05/2010
Localização : 7 mares

Ver perfil do usuário http://www.pensemuderevolucione.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: John Irish II ( A Guilda das Sombras)

Mensagem por Tony-Souza em Seg Jun 21, 2010 8:51 pm

*_____________*

Ainda bem

\o/
avatar
Tony-Souza
Nivel 23

Mensagens : 716
Pontos de reputação : 14
Data de inscrição : 17/05/2010
Idade : 26
Localização : Soterópolis

Ver perfil do usuário http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=10556913887043450888

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: John Irish II ( A Guilda das Sombras)

Mensagem por Ftcv em Ter Jun 22, 2010 12:18 am

Eu tenho! E estou ouvindo Drink Up Me Hearties agora! *.*
Estou tendo sensações de emoção profunda!
E com vontade de chorar
eahueahaeuhae
Por favor, escreva essa história Tuts!

_________________
Quem quer ser uma pia?
avatar
Ftcv
Nivel 26

Mensagens : 2070
Pontos de reputação : 55
Data de inscrição : 16/05/2010
Idade : 26
Localização : Salvador Bahia

Ver perfil do usuário http://forumilha.forumj.biz

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: John Irish II ( A Guilda das Sombras)

Mensagem por tuts em Ter Jun 22, 2010 4:42 pm

Continuação

O navio agora estava pegando fogo e a morte continuava a persegui-los, numa corrida sem fim, num caminho sem volta, era como um ciclo vicioso.
Desesperados, e com o fogo na sola de seus pés, perto de serem carbonizados todos juntos e suas cinzas adormecerem no fundo do oceano...

-Apaguem esse fogo!!! - Disse Karen
-Meu senhor, não deixe que isso aconteça. - Falou o templário
-Joguem água, joguem! - Gritou Karen
-Não adianta, o fogo já se alastrou demais! - Gritou Michael
-Huuum..!!

O fogo já tinha subido pelas velas, alguns no desespero pulavam do navio, nós ouvíamos o estalar das madeiras sendo queimadas, não havia outra solução.
-Podem ir, afundarei junto com esse navio. - Afirmou Karen serena

E de repente ouviu-se um rugido. Era ele, O Injustiçado, de novo, surgiu das profundezas do oceano mais uma vez e bateu com seu rabo na água, de forma que uma onda se formou e atingiu o navio. Nada, o fogo ainda queimava, mas não queimava, ele permanecia sobre o navio, mas não o destruia como antes. E então ele novamente bateu com sua calda, mas forte de forma que uma onda maior encobriu o navio...
-SEGUREM-SE!!! - gritou Karen


Nós afundávamos agora, aquela imensa onda nos encobriu e partimos rumo a escuridão do mar, sem direção, sem destino, sem saber de nada. As perguntas ainda rondavam a minha cabeça e eu não tinha ao menos uma resposta. Segurei com força no amuleto que havia em meu pescoço, na esperança de um milagre e então, respirei. Já debaixo d’agua, respirava como um peixe e falava como um peixe, enquanto o navio afundava como pedra.

-Simon! Simon! Larry! Michael! Templário! Todos! Podem me ouvir? – Gritei. Sim, falava normalmente, realmente, algo muito estranho acontecia naquele navio

- Hum!

- Capitããããã – Gritou Larry – Estou me afogando

-Hum – Simon deu um tapa na cabeça de Larry

- As ordens Capitã – Respondeu o templário fazendo reverência à sua época

-Todos a seus postos! –Gritei – Michael, fique de olho se vir algo

-Sim, senhora, capitã.

-Devo avisar-lhe que estamos entrando em domínios ocultos, temo que nosso senhor já não possa mais nos proteger nessa escuridão.. – Disse o templário

-Também temo por nossas vidas, Templário – Respondi

O Purgatório foi descendo até o fundo do mar, por onde passávamos observamos as estranhas criaturas que ali viviam, algumas apenas nos olhavam, outras se escondiam, a cada metro que descíamos, mais estranhas as criaturas ficavam e também nos assustavam cada vez mais. A escuridão ia aumentando.

-Terra! – Gritou Michael – Chegamos ao chão

-Preparar para reconhecimento de terreno! - gritei
avatar
tuts
Nivel 22

Mensagens : 586
Pontos de reputação : 27
Data de inscrição : 18/05/2010
Localização : 7 mares

Ver perfil do usuário http://www.pensemuderevolucione.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: John Irish II ( A Guilda das Sombras)

Mensagem por Ftcv em Sab Jun 26, 2010 1:14 am

É otimo ter as histórias de piratas novamente!
Mas foi só eu que fiquei confuso com esse capitulo?

Esperando ansiosamente a continuação!

_________________
Quem quer ser uma pia?
avatar
Ftcv
Nivel 26

Mensagens : 2070
Pontos de reputação : 55
Data de inscrição : 16/05/2010
Idade : 26
Localização : Salvador Bahia

Ver perfil do usuário http://forumilha.forumj.biz

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: John Irish II ( A Guilda das Sombras)

Mensagem por Apolonilda em Sab Jun 26, 2010 4:49 am

Jonh Irish está de volta de verdade!!!.... *_*
a principio achei que era só uma repostagem da historia...
Re li tudo... grande historia...

e sim eu também fiquei confusa...esse ultimo capitulo me lembrou a segunda etapa da copa tribruxos..kuskauskauskua.. nada a vê né?!..mas lembrou
avatar
Apolonilda
Nivel 19

Mensagens : 199
Pontos de reputação : 8
Data de inscrição : 16/06/2010
Idade : 26
Localização : Oz

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: John Irish II ( A Guilda das Sombras)

Mensagem por tuts em Dom Jun 27, 2010 1:37 am

oq há de confuso?

avatar
tuts
Nivel 22

Mensagens : 586
Pontos de reputação : 27
Data de inscrição : 18/05/2010
Localização : 7 mares

Ver perfil do usuário http://www.pensemuderevolucione.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: John Irish II ( A Guilda das Sombras)

Mensagem por Ftcv em Dom Jun 27, 2010 4:16 am

Lembrou? hueahaeuheauhae
nada haver mesmo ehuaehaeuhea zlolz
E sei lá, tá confuso

_________________
Quem quer ser uma pia?
avatar
Ftcv
Nivel 26

Mensagens : 2070
Pontos de reputação : 55
Data de inscrição : 16/05/2010
Idade : 26
Localização : Salvador Bahia

Ver perfil do usuário http://forumilha.forumj.biz

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: John Irish II ( A Guilda das Sombras)

Mensagem por tuts em Seg Jun 28, 2010 2:18 pm

qual parte você não entendeu?
avatar
tuts
Nivel 22

Mensagens : 586
Pontos de reputação : 27
Data de inscrição : 18/05/2010
Localização : 7 mares

Ver perfil do usuário http://www.pensemuderevolucione.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: John Irish II ( A Guilda das Sombras)

Mensagem por Apolonilda em Seg Jun 28, 2010 10:14 pm

è que eu acho que ainda vai ser explicado nos próximos capítulos...

mas é que eles afundaram e começaram a respirar e falar embaixo d'agua do nada...
e ai ficou confuso...só isso pra mim...e tudo aconteceu tão rápido...
avatar
Apolonilda
Nivel 19

Mensagens : 199
Pontos de reputação : 8
Data de inscrição : 16/06/2010
Idade : 26
Localização : Oz

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: John Irish II ( A Guilda das Sombras)

Mensagem por tuts em Ter Jun 29, 2010 1:51 am

"As perguntas ainda rondavam a minha cabeça e eu não tinha ao menos uma resposta. Segurei com força no amuleto que havia em meu pescoço, na esperança de um milagre e então, respirei."

isso responde a sua pergunta?

avatar
tuts
Nivel 22

Mensagens : 586
Pontos de reputação : 27
Data de inscrição : 18/05/2010
Localização : 7 mares

Ver perfil do usuário http://www.pensemuderevolucione.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: John Irish II ( A Guilda das Sombras)

Mensagem por Ftcv em Ter Jun 29, 2010 11:50 pm

Aaaaaaah! Foi por causa do Amuleto!
eahuaeaehueahueahuhae
eahuaehaeuheauhae
zlolz

Eu não me toquei na hora, eu tb nao tinha entendido essa parte, mas pensei: "Deve ser algo q ja foi explicado e eu nao me lembro"
hausahusahusahsauhsa
zlolz

Ok tuts, perdão pela minha falta de capacidade intelectual pra entender sua história, agora ficou bem mais interessante!
Continua!

_________________
Quem quer ser uma pia?
avatar
Ftcv
Nivel 26

Mensagens : 2070
Pontos de reputação : 55
Data de inscrição : 16/05/2010
Idade : 26
Localização : Salvador Bahia

Ver perfil do usuário http://forumilha.forumj.biz

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: John Irish II ( A Guilda das Sombras)

Mensagem por Apolonilda em Qua Jun 30, 2010 8:10 pm

é reponde...xP...
avatar
Apolonilda
Nivel 19

Mensagens : 199
Pontos de reputação : 8
Data de inscrição : 16/06/2010
Idade : 26
Localização : Oz

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: John Irish II ( A Guilda das Sombras)

Mensagem por tuts em Ter Jul 06, 2010 1:34 am

experimente ler mais devagar da próxima vez
A capacidade de interpretação e principalmente imaginação dos fatos é importante para a compreensão da história
avatar
tuts
Nivel 22

Mensagens : 586
Pontos de reputação : 27
Data de inscrição : 18/05/2010
Localização : 7 mares

Ver perfil do usuário http://www.pensemuderevolucione.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: John Irish II ( A Guilda das Sombras)

Mensagem por tuts em Dom Jul 11, 2010 11:01 pm

A chegada ao fundo do mar

O navio agora “flutuava” um pouco acima da areia, viajando lentamente, era possível ver os corais, as algas, e alguns peixes maiores, mais estranhos a cada metro que navegávamos. Ouvi uma voz ao longe e um aperto no coração

-Hahaha – Era o colar.

-Quem disse isso? É você? – Indaguei

-Grandes acontecimentos estão por vir...

-O quê?!

-...

-Responda! Ei! Volte!

Não encontrei resposta, mais uma vez aquele maldito colar estava brincando comigo. Entrei na minha sala, sentia uma angústia tão grande, oh que maldita dor no coração, era a falta de John, eu tinha certeza, dor tamanha só era comparada ao peso de toda esse navio em cima do meu coração, ai John, volte para mim, não sei se... Senti uma tontura, a sala foi ficando escura, desmaiei.

-Sabe Simon, eu andei pensando – Disse Larry, limpando o chão do navio – Se eu chorar aqui, será que alguém perceberia?

-Hum – Debochou Simon virando os olhos

- É água afinal.. – Continuou Larry

-Ei vocês dois! – Gritou o Templário – Ouvi um barulho na sala da capitã!

Os 3 correram para ver o que poderia sido, engraçado eu presenciei tudo, só não conseguia acordar, senti um leve tapa no rosto. “Acorde, capitã!” gritava o templário, eu queria dar risada, afinal, estava consciente, “Acorde!”, ele continuava. Foi então que senti a pontada de novo, aquela pressão no coração, desmaiei de novo.

-Rápido! Um de vocês! – Gritou Michael – Vejo uma espécie de cidade à frente!

O templário correu

-Recolha as velas! Jogue a âncora! Vamos parar aqui. – Falou o templário girando o timão

-Preparar para reconhecimento do local! – Gritou Michal

Levantei meio tonta, fiquei sentada por alguns segundos e fui em direção às vozes que vinham do lado de fora da sala
avatar
tuts
Nivel 22

Mensagens : 586
Pontos de reputação : 27
Data de inscrição : 18/05/2010
Localização : 7 mares

Ver perfil do usuário http://www.pensemuderevolucione.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: John Irish II ( A Guilda das Sombras)

Mensagem por Ftcv em Seg Jul 12, 2010 5:16 am

Aew!!!!!!
Adorei esse capítulo! pirat

"-Sabe Simon, eu andei pensando – Disse Larry, limpando o chão do navio"
HAHAHAHAHAHAHAEUHAEUAEHUEAHAEHAEUHAE
Larry limpando o chão do navio em baixo da água heaueahuaehueahueahea
zlolz

E a duvida de Larry eu tb tenho, será q tem como perceber se uma pessoa tá chorando em baixo d' água?


" Foi então que senti a pontada de novo, aquela pressão no coração, desmaiei de novo."
Valeu Tuts, agora quando eu senti aquela parada vou achar q vou desmaiar!
HSAUSAHUASHUSAHUSAHUASHUASHUASHASUHAS
zlolz


"-Recolha as velas! Jogue a âncora! Vamos parar aqui. – Falou o templário girando o timão"
É joguem âncora! Mas... pera... nós estamos no fundo do mar já! oO
ashuashasuhasuhasuhas
zlolz

Piratas e seus vicios de linguagem...
zlolz

Esse tesouro de Thomas Brook (o coordenador do meu curso se chama Thomas Buck, sempre me lembro de Thomas Brook das aventuras do capitão ehueahuea zlolz) disse uma vez para Karen que John Irish ainda estava vivo, eu estou curioso para saber onde é que ele tá eu lembro que o amuleto (que também é bastante curioso) falou para Karen que John tá vivo, mas pelo que eu me lembro ele se desintegrou vei! Como será q ele ta vivo? E aonde ele está? E de que forma? Eu quero que Karen ache ele!
POSTA LOGO TUTS! MAIS! MAIS EPISODIOS!
QUERO DESCOBRI LOGO, QUAL É O DESSE AMULETO, OQ ACONTECEU COM JOHN IRISH!
MAIS! MAIS! MAIS!

E a propósito! Eu recomendo lerem as aventuras do capitão ouvindo a trilha sonora de Piratas no Caribe fica muito bom!
zlolz

PS: Ta muito massa Tuts! Sério mesmo, li com calma revi toda historia e caramba vei é muito bom, vc deveria publicar, continua ae, mesmo que seja só pra mim!
eahauaeuhaeuhaehea

zlolz



PS2: Caramba acho q esse é o meu post com mais "zlolz" eaheauheaua vou tentar parar de usar ele pra ver se diminuo pq tá exagerado já, já é T.O.C. isso! hueahuaehae zlolz

_________________
Quem quer ser uma pia?
avatar
Ftcv
Nivel 26

Mensagens : 2070
Pontos de reputação : 55
Data de inscrição : 16/05/2010
Idade : 26
Localização : Salvador Bahia

Ver perfil do usuário http://forumilha.forumj.biz

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: John Irish II ( A Guilda das Sombras)

Mensagem por tuts em Seg Jul 12, 2010 5:59 pm

zlolz oi, zlolz tudo bom? zlolz HAHA
tipo: eles afundaram, respiraram e depois chegaram ao fundo do oceano. flutuando na areia, o templário falou para jogar a âncora, pois, vc sabe que existem correntes maritmas que podem levar o navio

Sim, eu vou continuar por vc palmitinho lindo da mamãe *-*
avatar
tuts
Nivel 22

Mensagens : 586
Pontos de reputação : 27
Data de inscrição : 18/05/2010
Localização : 7 mares

Ver perfil do usuário http://www.pensemuderevolucione.blogspot.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: John Irish II ( A Guilda das Sombras)

Mensagem por Ftcv em Seg Jul 12, 2010 6:42 pm

heauaehuaehueahae é engraçado ver outra pessoa usando "zlolz"

"existem correntes maritmas que podem levar o navio"
Ah é! Não tinha pensado nisso!
eahuaeheauhae
zlolz

Isso continua! Sério...
CONTINUA!
Eu vi um post seu achei q tinha continuação, fui colocar a trilha sonora de Piratas do Caribe e tudo! ¬¬
haeaehuaehueahuaehaeuhae

Quando poder continua! I love you

_________________
Quem quer ser uma pia?
avatar
Ftcv
Nivel 26

Mensagens : 2070
Pontos de reputação : 55
Data de inscrição : 16/05/2010
Idade : 26
Localização : Salvador Bahia

Ver perfil do usuário http://forumilha.forumj.biz

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: John Irish II ( A Guilda das Sombras)

Mensagem por Apolonilda em Seg Jul 12, 2010 9:02 pm

correntes maritimas...zlolz
CLA irmão...yehhhp...skauskuaksk...procurandoi nemo!!adoro..e não é só porque passou hoje na tv...eu tenho o fime!xD


Hey!! não só por ele!!!!
tem que publicar e continuar a escrever por mim também!!!
sou fa da historia...*-*...hehehe...também tô na maior curiosidade para entender tudo...o medalhão... o sumisso de John...como eles sobrevivem embaixo d'agua...Simom ira voltar a falar normalmente.... é tem muitos misterios!...xO....

avatar
Apolonilda
Nivel 19

Mensagens : 199
Pontos de reputação : 8
Data de inscrição : 16/06/2010
Idade : 26
Localização : Oz

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: John Irish II ( A Guilda das Sombras)

Mensagem por Tony-Souza em Ter Jul 13, 2010 10:15 pm

IASUhAISUHSAIUHSAiUShASIUh

Voltei a leitura!!

Véi o 1º da continuação tá meio confuso...mas o segundo tá massa

Larry é uma viagem!

na espera para o próximo!!

=D
avatar
Tony-Souza
Nivel 23

Mensagens : 716
Pontos de reputação : 14
Data de inscrição : 17/05/2010
Idade : 26
Localização : Soterópolis

Ver perfil do usuário http://www.orkut.com.br/Main#Profile?uid=10556913887043450888

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: John Irish II ( A Guilda das Sombras)

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum